Novo IML deve ser entregue no segundo semestre deste ano

postado em: Notícias | 0

Instituição está sendo edificada em uma área de 17.500 m², possui projeto moderno e ampliará capacidade de atendimento

A fim de tornar mais eficiente a realização de perícias e liberação de corpos, ampliar a prestação dos serviços para os 75 municípios sergipanos e, ainda, oferecer conforto e condições de trabalho mais adequadas para o desenvolvimento das atividades aos profissionais da área, o Governo de Sergipe, por meio da Companhia Estadual de Habitação e Obras Públicas (CEHOP), dá prosseguimento às obras da nova sede do Instituto Médico Legal (IML).

Localizada na Avenida J, no Povoado Taiçoca de Fora, em Nossa Senhora do Socorro, nas proximidades do Presídio Feminino, a aproximadamente 15 km de Aracaju, a intervenção recebe investimentos de R$10.494.091,20 do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados (Proinveste) e seu projeto tomou como referência os IML’s mais modernos do Brasil, atendendo as normas de segurança e saúde e que resultará em um edifício moderno que envolve o conhecimento técnico de profissionais de diversas áreas da engenharia em toda a sua infraestrutura.

O andamento os serviços

De acordo com o engenheiro fiscal da obra, Ricardo Eanes dos Santos, os serviços se mantêm céleres. “Estamos com um efetivo de 42 profissionais em duas frentes de trabalhos. No Bloco dos Mortos, onde fica a necrópsia, já concluímos a alvenaria do pavimento térreo, todo o serviço de drenagem e boa parte do estacionamento. Já no Bloco dos Vivos, onde fica a parte administrativa e atendimento ao público, iniciamos a execução dos serviços de drenagem e da laje inferior”, detalha.

O engenheiro diz ainda que nas próximas semanas a obra terá novos contornos. “Assim que concluímos a instalação dos pilares e vigas e finalizarmos a alvenaria, ampliaremos o efetivo e faremos a laje dos dois blocos simultaneamente, fazendo com que o percentual que atualmente é de 40% tenha um aumento considerável e seja concluída dentro do prazo estabelecido”, explica.

O novo IML  

Projetada com um conceito contemporâneo condizente com a necessidade a que se destina, a nova sede do IML terá 2.500,00 m² de área construída em um terreno de 17.400,00 m², sendo dividido em dois blocos: dos vivos e dos mortos, além de dependências essenciais, todos interligados por uma passarela elevada. O primeiro será composto por recepção, sala de necrópsia, laboratório, sala médica, geladeiras, incinerador, ossário, sala de podres, vestiários, copa, lavanderia, dormitórios para funcionários e três velatórios. Já o segundo, contará com recepção, salas para sexólogo, assistente social, odontologia, raios-X, reuniões, arquivo informativo, copa, administração, secretaria, diretoria, coordenadoria, sanitários, além de quatro salas médicas e mais quatro de espera. Essa estrutura aumentará o número de salas, consultórios e dependências, ampliando a capacidade no atendimento e diminuindo a espera das pessoas que buscam a instituição em situações muito delicadas.

A parte de serviços básicos será composta por lavanderia, cujas dependências terão dois ambientes de separação, acabamento, casa de lixo, sanitários e castelo d’água com reservatório superior e capacidade de 27.500 litros e inferior com capacidade para 41.000 litros. A área externa terá pavimentação em bloco granítico, 86 vagas de estacionamento (10 para pessoas com dificuldades de locomoção e 20 para idosos) e sistema de irrigação para as áreas gramadas e de tratamento de esgoto (DAFA/Filtro/Sumidouro), duas guaritas e duas lanchonetes.

Na pavimentação interna e nas áreas de circulação serão aplicados pisos de alta resistência, revestimento cerâmico nas áreas molhadas, forro de gesso acartonado e cobertura em estrutura metálica e fibrocimento. Também serão instaladas rede de combate a incêndio com hidrantes, sistema de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA), climatização, sistema de sonorização, comunicação visual com placas indicativas comuns eem Braille e de informação sobre os setores, bem como acessibilidade para todos os ambientes.

Para o Diretor-Presidente da CEHOP, a intervenção contribuirá de maneira significativa para os serviços a que se destina. “O futuro IML vem atender a um pleito antigo, já que infelizmente, a atual sede tornou-se pequena para o número de atendimentos no Estado. A obra vem sendo executada dentro do cronograma e até o final deste ano estará pronta, garantindo agilidade e eficiência nos serviços oferecidos e proporcionando um atendimento acolhedor às pessoas que dependem desse tipo de serviço em vida”, relata.

Atualizado há